Categories
Drymax

Como funciona Drymax?

O processo químico explica como os ingredientes do antiperspirante Drymax impedem a pulverização das glândulas sudoríparas.

Já parou para pensar em como funciona Drymax? Qual é o mistério para este produto agir ao ponto de bloquear o suor da pele por determinado período? Parece mágica, mas se trata da mais pura realidade.

Antiperspirantes Drymax não são a mesma coisa que antitranspirantes e desodorantes.

De fato, de acordo com Michael Ford, químico e especialista em cosméticos, esses compostos químicos, embora às vezes encontrados como único produto, funcionam de maneira muito diferente quando aplicados à pele.

Abaixo, ele explica a ciência por trás de Drymax.

Atenção! Conheça o funcionamento de Drymax cientificamente

Os compostos de cloreto de alumínio são ingredientes ativos mais comuns encontrados nos antiperspirantes no mercado hoje, tais como o Drymax.

Esses ingredientes se misturam ao suor (ou qualquer outra umidade encontrada na pele) para formar um tampão tipo gel que bloqueia as glândulas sudoríparas e as faz encolher.

Quanto mais poros essa mistura obstruir menos suor é produzido. Obviamente, esse bloqueio é temporário e acaba saindo na medida em que a pele se desgasta.

“Os antitranspirantes Drymax devem ser usados apenas sob os braços, pés e as mão. Aplique em uma camada uniforme na pele seca”, explica Ford. Então, você deve permitir que o antitranspirante seque antes de vestir a camisa.

A aplicação de um antitranspirante na pele seca dá aos compostos de cloreto de alumínio a chance de penetrar nos poros e obstruir melhor as glândulas sudoríparas.

Geralmente é melhor tomar banho e aplicar antitranspirantes à noite. Assim você pode ter de 15 a até 20 minutos para esperar até estar tudo seco antes de utilizar o Drymax, em vez de usar direto de manhã ao sair de casa.

Por outro lado, os desodorantes não fazem muito para impedir de suar. Em vez disso, eles geralmente contêm ingredientes à base de álcool que matam as bactérias causadoras de odor na axila.

Em termos mais diretos, os antiperspirantes Drymax previnem a transpiração, enquanto desodorizantes evitam o odor.

Você pode inclusive usar Drymax de noite e desodorante perfumado de manhã para aproveitar o perfume sem ficar suado nas próximas horas.

Cuidado com a sensibilidade

Uma coisa a ter em atenção ao usar antiperspirantes é que uma pequena parcela da população tem alergia aos alumínios. Para este público a aplicação de tais produtos pode resultar em coceira, vermelhidão e inflamação.

Se você é uma dessas pessoas recomendamos consultar um dermatologista para obter recomendações sem alumínio que funcionam para você.

Os sais de alumínio, componentes ativos do Drymax, se dissolvem na umidade da superfície das peles. Formam um tipo de gel que se acumula de modo temporário nas glândulas sudoríparas e reduz a produção de suor.

O álcool no produto ajuda os ingredientes ativos a secarem ainda mais rápido, levando à sensação agradável e refrescante na pele.

Veja mais sobre como funciona Drymax na prática.